Instantes

Sempre acreditei no locutor de voz grave que dizia: “Cada minuto é um milagre que não se repete.” Ou não seria esta foto o registro de um desses instantes raros de prazer, envolvimento e sintonia, da planta do pés à do chá?

(Martine Franck, fotógrafa inspiradíssima, paixão de Cartier-Bresson, e o amigo Richard Kalvar, outro mago das lentes.)

Sonhos

Eles são independentes e poderosos, agem a seu bel-prazer, sem pedir licença. Nascem das profundezas da mente, realizam suas performances e se extinguem. Nada podemos contra os sonhos, a não ser vivê-los passivamente e sofrermos suas consequências.

Um abraço apertado, longo, delicioso. Nossos olhares, nossas palavras, mãos dadas. Um lugar impossível aquele, mas, para aos sonhos, tudo é possível.

Roberto Pellegrino